quinta-feira, 9 de junho de 2011

DICAS DE HIGIENE VOCAL


                                                                 
 Fgª Alessandra Cajueiro

·        Evite falar alto, pois, isso promove um forte atrito entre as pregas vocais;
·        Evitar competir com outros sons do ambiente;
·        Se aproxime das pessoas para chamá-las ou para conversar com os amigos;
·        Evite beber água gelada; 
-   Bebida alcoólica em excesso, assim como cigarro podem ser prejudiciais para a saúde vocal;
·        Coma alimentos com fibras e frutas como maçã, uva passa, pois, são alimentos adstringentes e promovem uma limpeza natural das pregas vocais; 
-   Beba muita água, em doses homeopáticas ao longo do dia;
·        Durante a educação física, evite falar, o esforço físico causa um atrito muito grande entre as pregas vocais ao falar durante a prática de exercícios;
·        Em ambientes ruidosos como festas, se aproxime das pessoas para falar;
·        Não escute TV num volume muito alto, pois você terá que falar mais alto para ser ouvido;
·        Evite usar sapatos com saltos muito altos e roupas apertadas na região da cintura e pescoço, pois, podem prejudicar sua respiração e conseqüentemente sua voz;
·        Não fale durante a prática de exercícios físicos;
·        Pastilhas, mel ou limão apenas mascaram o problema vocal, não resolvem;
·        Não pigarreie, para evitar o atrito das pregas vocais, quando tiver aquela sensação de "garganta coçando" engula bastante saliva com força;
·        Quando tomar sorvete, faça isso bem devagar, para evitar o choque térmico na garganta;
·        Evite freqüentar ambientes poluídos, principalmente se tiver alergia respiratória, cuidado com o ar condicionado;
·        Evite o contato com o pó de giz;
·        Fale devagar, respire pelo nariz, a respiração é muito importante para a voz;
·        Faça um aquecimento vocal, antes da prática de canto, ou antes, de utilizar a voz em público;
·        Quando ministrar palestras, projete a voz para que as pessoas que estão no fundo da sala possam escutá-lo, você pode fazer isso sem gritar.
·        Não deixe de procurar um profissional habilitado, caso a sua rouquidão persista por muito tempo;
·        Siga corretamente as orientações de seu fonoaudiólogo e/ou otorrinolaringologista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amigo leitor, faça seu comentário, desde que:

- Não contenham palavras de cunho ofensivo ao autor e/ou outras pessoas que tenham postado seu comentário.

- Não serão aceitos comentários de pessoas que se identifiquem como "anônimas".

- Não vamos esquecer que sempre que escrevemos uma outra pessoa irá ler, então,não postemos nada que não gostaríamos de ler!