terça-feira, 31 de maio de 2011

Quando procurar um fonoaudiólogo?





·        Dificuldades de fala ou gagueira, troca de sons;
·        Dificuldades de leitura ou troca de letras;
·        Problemas de voz ou rouquidão, pigarro, voz fina;
·        Vozes não compatíveis com o sexo ou idade da pessoa;
·        Adolescentes em fase de muda vocal;
·        Exames de audição, inclusive teste da orelinha em recém-nascidos*;
·        Realização de exames audiológicos: audiometria tonal e vocal, impedanciometria, BERA, entre outros*;
·        Realização de exames como: nasolaringofibroscopia, videodeglutograma, etc...*;
·        Prevenção e detecção de deficiências auditivas;
·        Indicação e adaptação de aparelhos para surdez*;
·        Reabilitação de problemas relacionados ao labirinto, como labirintites;
·        Reabilitação de deficiência auditiva;
·        Para aperfeiçoar sua voz ou fala;
·        Dificuldades de mastigação e/ou deglutição dos alimentos;
·        Dificuldades de respiração;
·        Dificuldades na adaptação de próteses dentárias ou aparelhos ortodônticos;
·        Uso prolongado de chupeta, mamadeira e o hábito de chupar o dedo;
·        Assessoria escolar;
·        Assessoria empresarial;
·        Tratamento de demências e outras doenças relacionadas a melhor idade;
·        Tratamento e reabilitação de vítimas de doenças como AVC (derrame) ou tumores intracranianos;
·        Tratamento e reabilitação de doenças de cabeça e pescoço*;
·        Palestras e/ou cursos nas diversas áreas relacionadas à Fonoaudiologia;
·        Supervisão de casos clínicos.

DrªAlessandra Regiane D.V. Cajueiro                
                                             CRFa 12.227                                                                                                  
              
                             Fonoaudióloga especialista em linguagem
                                                                                                

·  Tais procedimentos não são realizados em meu consultório.                                   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amigo leitor, faça seu comentário, desde que:

- Não contenham palavras de cunho ofensivo ao autor e/ou outras pessoas que tenham postado seu comentário.

- Não serão aceitos comentários de pessoas que se identifiquem como "anônimas".

- Não vamos esquecer que sempre que escrevemos uma outra pessoa irá ler, então,não postemos nada que não gostaríamos de ler!