terça-feira, 31 de maio de 2011

Dicas sobre voz e campanha da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia


Dicas sobre voz

A voz transmite muito mais que palavras. Ela exprime nossos sentimentos mais ocultos e nos caracteriza perfeitamente. A articulação, a entonação e a velocidade  da fala também contribuem para que isso aconteça. Apenas ouvindo a voz de alguém podemos supor seu sexo, idade, nível sócio-econômico-cultural e estado emocional da pessoa. Às vezes até imaginamos que o falante é gordo ou magro, alto ou baixo, bonito ou feio. Mais ainda, formamos conceitos sobre a personalidade dele: é agressivo, calmo, ansioso, distraído, afetuoso...
Você já pensou nas características da sua voz? É uma voz agradável para você? É confortável produzi-la ou lhe traz fadiga, garganta seca, dor, ardume na garganta? As pessoas o compreendem ou sempre pedem para você repetir o que falou? Sua voz é apropriada para a atividade profissional que você desenvolve?
Se você tiver dúvidas sobre a efetividade da sua comunicação, perceber rouquidão por mais de 15 dias seguidos ou desconforto ao falar, procure um médico otorrinolaringologista e um fonoaudiólogo.
Cuidar da voz é cuidar da sua saúde e da sua imagem! Valorize-se, valorize sua voz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amigo leitor, faça seu comentário, desde que:

- Não contenham palavras de cunho ofensivo ao autor e/ou outras pessoas que tenham postado seu comentário.

- Não serão aceitos comentários de pessoas que se identifiquem como "anônimas".

- Não vamos esquecer que sempre que escrevemos uma outra pessoa irá ler, então,não postemos nada que não gostaríamos de ler!